O bom assessor de imprensa deve entender os sistemas de produção de notícia e as peculiaridades de cada veículo para aumentar as chances de publicação do release

Aprenda a melhorar o aproveitamento de um release

O release é um dos principais dispositivos de informação e vínculo entre as instituições e imprensa, apresentando a notícia sob a ótica da fonte (que são os clientes da assessoria de imprensa), mas adaptada em conformidade com o interesse da imprensa.

O bom assessor de imprensa deve conhecer os sistemas de produção da notícia para facilitar o trabalho dos colegas, que atuam nas redações. A análise da qualidade do release pelos jornalistas está vinculada ao interesse do público de cada veículo, além de algumas características jornalísticas do discurso jornalístico, que devem estar presentes no texto.

Fazer um bom aproveitamento do release aumenta as chances do seu cliente sair na mídia!
Fazer um bom aproveitamento do release aumenta as chances do seu cliente sair na mídia!

Confira algumas dicas para aumentar a chance de “emplacar” um release na imprensa:

1) Lembre-se do título e da gravata na hora de escrever o release

Com o intuito de aumentar as probabilidades de leitura e despertar o interesse dos jornalistas, o release deve ser elaborado no formato jornalístico, com título e gravata (também chamada de subtítulo ou linha-fina, é uma frase ou período que aparece abaixo do título e serve para completar seu sentido ou oferecer informações adicionais).

2) Veracidade, sempre!

A veracidade do conteúdo é um dos princípios basilares do jornalismo e é um elemento obrigatório nos releases. O assessor de imprensa, responsável pela comunicação do assessorado, assume a autoria do texto e a veracidade das informações contidas no release, conferindo-lhe a mínima credibilidade.

3) Dê destaque aos números no seu release

O uso de números em um release é fundamental para tornar os fatos mais claros e, sobretudo, para chamar a atenção do jornalista. Desta forma, informações como “dobrou o faturamento” se tornam ainda mais atraentes para a imprensa quando são ditas da seguinte forma: “aumentou o faturamento em 130%”. Estas informações se fortalecem ainda mais ao serem complementadas com valores, como: “superando a marca de R$ 2 milhões”. Os números mais importantes devem ser citados já no título ou na linha fina.

4) Valorize as fontes

A valorização da fonte também é um elemento que confere credibilidade ao texto jornalístico. É importante deixar sempre claro que tudo o que é dito no release está sendo informado por um especialista, empresário ou representante de uma entidade. Intercalar as informações com falas da fonte que as complementam traz fluidez e dinâmica para o texto. Outra sugestão é deixar nas frases ditas pelos porta-vozes (fontes) aquelas informações que devem ser enfatizadas no release.

5) Evite jargões em seus releases

O uso de palavras e termos técnicos deve ser evitado nos releases e, quando a utilização for necessária, o vocábulo ou expressão precisam ser “traduzidos”, ou seja, explicados de forma que sejam entendidos por um público amplo e leigo naquele assunto – a menos que o release seja encaminhado para a imprensa especializada.

6) Escreva o release de acordo com o veículo

Combinar o assunto e a linguagem do veículo é fundamental na hora de redigir um release. Se o tema abordado for gastronomia, maquiagem, turismo, beleza ou bem-estar, por exemplo, há espaço para um tom mais leve e descontraído. Mas se o seu objetivo é falar de negócios, é melhor imprimir um tom “mais sério” no texto. A dica é sempre usar o bom senso e, principalmente, conhecer bem os veículos, as editorias e os repórteres que vão receber o release para escrevê-lo numa linguagem adequada - que é aquela normalmente utilizada por eles.

7) Preze pela objetividade

Dar prioridade a textos curtos, a princípio, aumenta a chance de publicação dos releases. Mais de mil palavras já configurariam um texto muito longo, ainda que releases institucionais possam exigir uma extensão maior. Quando não for possível reduzir o tamanho do release, a dica é inserir subtítulos atraentes, para tornar a leitura mais agradável. A partir de quatro parágrafos, um texto já pode contar com um subtítulo, que conduz a outro tópico abordado no texto.

8) Novidades

Assuntos que ainda não tenham sido divulgados pela imprensa aumentam as chances de publicação.

9) Exclusividade

Se a informação é interessante e está sendo oferecida apenas para determinado jornalista ou veículo, terá preferência na publicação e provavelmente ocupe mais espaço que normalmente receberia. Cabe ao assessor de imprensa traçar a melhor estratégia, com o consentimento do cliente. Se determinado veículo “atingir em cheio” o público-alvo daquele assessorado, vale mais mirar na qualidade da mídia em detrimento da quantidade no número de publicações em veículos que, para aquele cliente, não são relevantes.

10) Inclua imagens em alta resolução no seu release

O envio de imagens, com créditos e em alta resolução, aumenta as chances de publicação e o espaço dado para aquela notícia - principalmente em sites, blogs e veículos pequenos, que geralmente não têm condições de enviar um fotógrafo para cobrir pautas e eventos.

11) Disponibilidade da fonte para dar entrevistas

Quando a assessoria de imprensa encaminha o release para o mailing, as fontes citadas no texto precisam estar disponíveis para atender as solicitações dos jornalistas.

12) Responda as perguntas básicas para escrever seu release

O release é redigido geralmente obedecendo à estrutura jornalística clássica, constituída por título, gravata, lide (Aplica-se a técnica respondendo, de preferência no primeiro parágrafo, as perguntas: Quem? O que? Como? Quando? Onde? Por quê?) e formato pirâmide invertida (os dados mais importantes devem estar disponíveis ao leitor no início do texto e os demais, em seguida, em ordem decrescente de importância), com a indicação de um responsável pelas informações (fonte).

Escolha bem as palavras antes de enviar o release para a imprensa.
Escolha bem as palavras antes de enviar o release para a imprensa.

No entanto, com o “enxugamento” nas vagas de jornalistas nas redações, as assessorias de imprensa podem aproveitar essa “lacuna” no mercado e reverter o quadro a favor de seus clientes. Alguns veículos dão preferência para textos jornalísticos prontos para serem publicados no jornal, que fogem ao padrão do release “clássico”. Nestes casos, os assessores de imprensa cumprem o papel dos jornalistas e acrescentam-no release informações adicionais, como pesquisas relacionadas àquela pauta e entrevistas com personagens e outras fontes que não fazem parte do portfólio de clientes da empresa de assessoria de imprensa. Vale tudo para impressionar o jornalista e colocar o cliente na capa do jornal!

Quer melhorar a credibilidade da sua marca?

A Excom possui jornalistas especializados na arte de escrever releases. Venha conhecer nosso trabalho!
Giovana Chiquim, assessora de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *