Em um cenário onde a busca por rapidez é cada vez maior, ferramentas como timesheet ajudam a resolver o problema de controlar o tempo.

Como o timesheet melhora seus resultados

Você já teve a sensação de ter trabalhado muito, mas ao final do dia sentir que não produziu nada?!

Isso fica ainda pior se você começa a perceber que os seus concorrentes estão produzindo em uma velocidade muito maior que a sua.

Sorte que hoje vamos apresentar para você uma ferramenta que pode ser aplicada em qualquer negócio e utilizada em qualquer computador: uma planilha timesheet.

Nós não inventamos a roda, mas fizemos um modelo mais simples da tradicional planilha de horas para você implementar nos diferentes setores da sua empresa. O timesheet ajuda a mensurar o período gasto de cada tarefa e após isso precificar em cima das horas de seu projeto.

 

A primeira coisa que você precisa fazer é deixar claro que o timesheet não será uma navalha de corte de quem não trabalha 8h por dia ou para acusar o mais lento da equipe. Deixe claro como o próprio colaborador poderá usar isso para melhorar o seu desempenho.

 

Por isso vamos para começar com:

 - Definição de tarefas por setor, para que sejam comparáveis os jobs de cada um;

 - Definição dos clientes ou setores que definem a entrega da tarefa;

 - Deixar claro que esse documento deve ser preenchido da forma mais fidedigna possível (se a tarefa demorou 2h10, tem que ser preenchido com 2h10);

- Definir prazo para análise da planilha (diária, semanal ou mensal).

 

Aqui na Excom, nós começamos a utilizar o timesheet em 2017 com o núcleo de marketing digital e percebemos resultados significativos com relação ao aumento de desempenho e principalmente de diminuição de retrabalho.

Salvar

Agora é sua vez!

Baixe nosso modelo de planilha e começa a utilizar hoje mesmo em sua equipe. 😉

One thought on “Em um cenário onde a busca por rapidez é cada vez maior, ferramentas como timesheet ajudam a resolver o problema de controlar o tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *